23 agosto 2006

Mais Highlands

Chegamos ontem da nossa viagem pelas Highlands. Painho e mainha ja voltaram pro Brasil ontem mesmo e já estou aqui em casa com saudades deles.

Bem, alugamos um carro na semana passada. E eu, tinha feito a reserva pro dia errado (dia anterior) e quando liguei pra locadora eles já não tinham minha reserva. Não foi muito complicado resolver isso, apenas pagamos um pouco mais caro. Eu estava desesperado dirigindo do lado errado. Direção do lado direito não tem nada a ver. Trocar a marcha com a mão esquerda é muito esquisito. No final, eu já estava mais acostumado, mas continuo achando que esse não é o lado certo. Nosso carro era um Chevrolet Kalos. É tipo um Classe A, so que mais baixo.

Fizemos um pouco de turismo em Edinburgh e a noite deixei meus pais no Festival em dois eventos, pois tinha que terminar umas coisas do mestrado. No dia seguinte a gente foi pra Glasgow. Na verdade iamos passar em Stirling primeiro, mas como nos perdemos por quase 2 horas acabou não dando tempo. Glasgow estava chuvosa e nos perdemos lá novamente procurando o hotel. Andamos pouco pela cidade pois com a chuva estava difícil de andar e estacionar. Fomos num restaurante indiano bem bom que o meu amigo Chris tinha indicado.

Ah, antes de chegar em Glasgow fomos numa distilaria de whisky. Bem legal saber como é feito e toda história. A distilaria se chama Glengoyne e fica ao norte de Glasgow. Funciona (legalmente) desde 1800 e alguma coisa mas ilegalmente há muito mais tempo. Por incrível que pareça não se bebe tanto whisky na Escócia. É muito bom, mas extremamente caro.

No dia seguinte fomos para a ilha de Bute ver os Highland games de lá. Highland games são jogos bem tradicionais que tem competições de arremesso de toras, pesos, uma quermesse, gaitas de fole, etc. Um negócio bem tradicional durante os meses de julho e agosto. A ilha é bem bonitinha e meus pais agora ficaram empolgados em se aposentar e morar la.

Depois fomos pra Fort William, que já fica nas Highlands. Como queriamos ir para ilha de Skye e depois pro lago ness, Fort William era o melhor lugar pra ficar 2 dias pois é mais ou menos no meio dos dois. Fiz uma reserva por telefone de dentro do carro e chegando lá o cara do B&B (Bed and Breakfast) não estava lá. Então fui falar com o cara do B&B do lado que ficou todo preocupado. Voltamos pra cidade para jantar (o B&B era umas 5 milhas da cidade) e quando voltamos o cara disse que tinha feito uma confusão com nossa reserva e de outro casal mas que o cara do B&B do lado tinha aceitado a gente por lá. Achoq ue acabou sendo até melhor pois era MUITO bom. Era como se a gente tivesse hospedado na casa dos outros, mas tudo ovinho e arrumado. O cara depois disse que ficou muito preocupado com meus pais, naquela hora sem casa pra ficar. Acho que se eu estivesse sozinho teria que dormir debaixo da ponte pois não sei onde arrumaria outro hotel numa hora daquelas (umas 23h) em Fort William (roça).

Skye é outro lugar bonitinho e simpático. A gente foi pra maior cidade de lá que se chama Portree. Na verdade, acho que o que valeu mesmo foi a estrada de Fort William pra Portree que é muito bonita e cheia de cenários maravilhosos. Portree em si não tem tanta coisa além de um mini porto de pescadores e casinhas coloridas.

Voltamos pra Fort William e fomos pro lago ness e inverness no dia seguinte. Mais outra estrada bem bonita... Fomos na exposição do lago ness e depois andar 1 hora de barco pelo lago com um cara que caça o monstro desde 1967. Depois, Inverness. O interessante é que paramos de nos perder muito nesse final de viagem.

Dormimos em Inverness e voltamos pra Edinburgh para arrumar as malas.

As estradas por aqui são bem boas e as distancias bem curtas. As coisas são caras, mas vale bem a pena!

Coloquei umas fotos ai na galeria, deem uma olhada. Estou bem gordo!

http://www.flickr.com/photos/56886033@N00/

8 comentários:

Pretita disse...

Querido Igor,

vc precisa conhecer um recurso muito útil do Flickr chamado de "Sets".
Dessa forma vc separa suas fotos em conjuntos (albuns) e não fica essa bagunça dos infernos, tudo misturado.

De nada.

Leo Dutra disse...

Gordo fudião,

bem interessante essa viagem de vocês. Dirigir do lado errado acostuma. Acostuma tanto que hoje em dia, quando assistimos a um filme onde se dirige do lado certo a gente acha estranho. Mas a dica é a seguinte, o motorista sempre fica no meio da rua.

Anônimo disse...

Igor,

Estamos sentindo falta da nossa viagem. Sua mae ja esta deixando o cabelos branco para ficar igual as velhinhas escocesas.

Marconi

Bernardo Almeida Voto Nulo disse...

Virilha, você anda sumido. Gostei das fotos... na última vez que falei com vc, seus pais estavam em Londres, com vc... hehehehe... que chic... embora odeie esse termo!

Abração e vê se dá as caras na net!

tia marcia disse...

Igor, querido
to aqui cutindo as noticias da viagem em familia. bom demais.pareo duro vc e marconi hein???gordiiiiiinhos!!divinha ta otima, enxutona! dá de 10 em vcs 2 juntos!e q historia é essa de legendar a foto deles "velhinhos na praça"?? ahhhh e gostei tb da bicicleta. desse jeito vai tirar essa barriguinha logo logo.
a saudade c certeza esses dias deve ter batido mais forte. pra vc e pra eles. da convivencia, dos passeios, de conhecer alguns lugares juntos... saudade assim é bom. fique bem e se cuide. beijo

::Soda Cáustica:: disse...

Maestro,


A foto "dirigindo do lado errado" é ótima!!

bjobjo
entra aqui ó: http://rockcaustico.blogspot.com

Leo Dutra disse...

Gordo, você não atualiza mais o seu blog não é? Já passou dos 3 dígitos?

Anônimo disse...

Igorr,

Veja se arranja um tempo pra colocar mais fotos da nossa viagem. Coloque algumas de Lisboa, Toledo, Paris e Windsor

Marconi